Lenovo pretende acabar com a marca Motorola

Em uma entrevista na CES 2016, o diretor de operações da empresa Lenovo, Rick Osterloh, anuncia que a marca Motorola vai ser lentamente substituída até o final do ano. Em resumo, o nome da empresa que inventou o celular vai deixar de existir no mundo mobile.

“Nós vamos lentamente abandonar a Motorola e focar apenas nas linhas Moto, para produtos de ponta e mais caros, e Vibe, para produtos de baixo custo”, disse Osterloh.

A fabricante Chinesa havia comprado a Motorola Mobility em 2014 por US$ 2,91 bilhões, empresa que pertencia ao Google. Na época da aquisição, o CEO da empresa, Yang Yuanqing afirmou: “É o nosso tesouro. Nós planejamos não apenas proteger a marca Motorola, mas torná-la mais forte”. O plano da Lenovo agora é manter o nome “Motorola” como uma subdivisão da companhia.

“A Motorola Mobility continua a existir como parte do grupo Lenovo, liderando as áreas de engenharia e design de todos os produtos móveis. Como estratégia de marketing, a empresa segue globalmente com duas marcas em smartphones e wearables: Moto e Vibe. Há muito tempo, ‘Moto’ tem sido sinônimo de Motorola e, recentemente, passamos a enfatizar o ‘Moto’ como uma marca de produto,  que representa e leva adiante a herança da Motorola como uma marca moderna e envolvente”, disse a Motorola por meio de um comunicado oficial.

Os novos smatphones da linha Moto, o Moto G e o Moto X continuarão com o famoso “M” da Motorola e receberão a logo “Moto by Lenovo”.

 

 

Sobre o Autor

breno_cordeiro@hotmail.com

post relacionado

Apresentar um comentário

Nome de exibição

E-mail

Título

Mensagem